Dicas


Propriedades do damasco

Parente próximo da ameixa, o damasco fresco lembra muito o pêssego. Por dentro, tem a polpa um pouco menos suculenta e um gosto mais azedinho. A versão fresca é rara no Brasil, pois o país não tem condições climáticas necessárias para o seu cultivo.

O damasco seco, no entanto, pode ser encontrado o ano todo no país. Também é conhecido como damasco turco — a Turquia é o maior exportador mundial do produto - e foi difundido pelos descendentes de sírio-libaneses que imigraram para o Brasil. Na chamada “comida árabe”, o damasco seco é um ingrediente muito valorizado e utilizado tanto em receitas doces quanto salgadas.

O damasco é muito rico em carotenóides, como o betacaroteno. A ação antioxidante dessas substâncias está relacionada à prevenção de doenças do coração e de alguns tipos de câncer, como o de próstata. A alta quantidade de provitamina A e carotenóides também protege a visão, diminuindo o risco de doenças relacionadas ao envelhecimento como a degeneração macular, que leva à cegueira.

No damasco seco, o grande volume de fibras por unidade ajuda a combater a constipação intestinal. A ingestão de fibras também é importante na prevenção de doenças como câncer de cólon e no controle do colesterol.

Fonte: https://www.nestle.com.br/site/cozinha/enciclopedia/ingredientes/damasco/introducao.aspx